^
Home > Espaço-Parto-Adequado

Espaço Parto Adequado



Visando a oferecer às mulheres e aos bebês o cuidado certo, na hora certa, ao longo da gestação, trabalho de parto e no pós-parto, a Unimed Araraquara atua como apoiadora do Projeto Parto Adequado. Este projeto é uma iniciativa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), do Hospital Israelita Albert Einstein e do Institute for Healthcare Improvement (IHI), e tem por objetivo mudar o modelo de atenção ao parto, promovendo o parto normal e favorecendo a redução de cesáreas desnecessárias.


Para isso a Unimed de Araraquara já efetuou uma série de adequações, em especial no Hospital São Paulo (recurso próprio) onde incorporou uma equipe multiprofissional especializada em parto adequado, além de garantir a estrutura necessária para essa hora tão importante.


Com isso busca-se reduzir riscos desnecessários e melhorar a segurança do paciente e a experiência do cuidado para mães e bebês.


“Respeite o tempo do seu bebê.
Para o nascimento, não há feriado: evite o parto agendado, escolha o #partoadequado.”

#partoadequado

Viva este momento plenamente!

O parto é um momento muito especial, que marca uma transição na vida da mulher e da família. Representa o primeiro encontro com o bebê. Por isso, é importante a mulher vivenciar este momento plenamente.

Pense em tudo o que gostaria ou não gostaria que acontecesse em seu parto,quem você gostaria de ter ao seu lado, como gostaria de aliviar a dor, etc.

Quando for escolher o médico para realizar o seu pré-natal, você pode buscar informações importantes junto a sua operadora pelos canais de comunicação disponíveis, como o percentual de cesarianas e de parto normais realizados pelo médico e pela maternidade.

O parto cesáreo é procedimento cirúrgico que deve observar claras indicações médicas.

Além disso, esclareça as dúvidas com seu médico. Assim você participará de forma ativa de todas as decisões sobre o seu parto.

Todas as mulheres têm o direito a um acompanhante de sua livre escolha no pré-parto, parto e pós-parto imediato. Planos hospitalares com obstetrícia com acomodação enfermaria, quarto semi-privativo, quarto privativo, ou qualquer outra acomodação, devem cobrir as despesas da paramentação (roupas higienizadas necessárias para entrar no centro cirúrgico), alimentação e acomodação do acompanhante.


Fonte: adaptado da ANS

O que levar para a maternidade?

Mamãe

  • Camisolas (com abertura na frente ou botões, para facilitar a amamentação)
  • Sutiãs (três ou mais próprio para amamentação)
  • Calcinhas
  • Chinelo
  • Itens pessoais e de toalete
  • Uma roupa para retornar para casa. Deve ser solta e confortável

Bebê

  • 4 camisas ou bodies
  • 4 mijões
  • 4 pares de meia
  • 4 macacões
  • 1 par de luva
  • 1 cobertor
  • 1 manta
  • 1 tesourinha
  • 1 escovinha de cabelo
  • 3 fraldas de pano
  • 1 pacote de fraldas RN ou P
Atenção: as roupas do bebê deverão ser de acordo com o clima, lavadas com sabão neutro (líquido ou pedra) e passadas.
Cartão da Gestante

Cartão da Gestante

Baixar

Cartão da Criança

Cartão da Criança

Baixar

Partograma

Partograma

Equipado conforme normas do Ministério da Saúde e com equipe de enfermagem preparada para o atendimento às gestantes, a sala de PPP funciona desde o começo de outubro de 2015.

O novo espaço do Hospital São Paulo (HSP) está pronto e funcionando. Foi nele que, pelo parto humanizado, João Antônio veio ao mundo no dia 19 de outubro de 2015. “Meu marido acompanhou todo o processo. O João nasceu e eu já pude segurá-lo. Foi um momento inesquecível”, relembra Juliane Maximo Paccini, usuária da Unimed Araraquara.

A sigla PPP significa pré-parto, parto e puerpério (o equivalente a pós-parto, que é o período em que as condições da mulher voltam às mesmas observadas antes da gestação).

A sala PPP do HSP foi equipado de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde para facilitar o trabalho de parto e promover o bem-estar da gestante. Dispõe de barras e espaço para exercícios com bola, que estimulam as contrações, de cama de parto com ajuste de posições, berço de recepção ao recém-nascido, com sistema de regulagem de temperatura, e banheiro privativo.


Equipe de Logistica

Para o diretor do HSP, Antonio Carlos Durante, além da estrutura física e tecnológica, o bom andamento do parto normal exige equipe especializada. “As enfermeiras obstetras do hospital têm conhecimento geral [enfermagem] e específico [obstetrícia]. Estão preparadas para o acompanhamento que a humanização do parto demanda”, afirma.

Juliane conta que, já no contato, sentiu que a equipe de enfermagem do setor estava preparada. “Fui muito bem acolhida”, relata. Dr. Durante ressalta ainda a localização estratégica da sala de PPP dentro do hospital. “Em medicina não existem garantias. Mas é possível minimizar os riscos, e isso é pensar na segurança dos pacientes. A sala PPP fica no 1° andar, ao lado do berçário e da UTI Neonatal”, explica o diretor.

Incentivo

Ginecologista e obstetra com vasta experiência, o médico Leonardo Cunha considera que a sala de PPP do Hospital São Paulo gera o conforto necessário para a gestante nesse momento especial.

“Ministrei cursos práticos para as profissionais de enfermagem que atuam nos partos normais”, diz. “Agora os médicos precisam incentivar o parto humanizado", completa Cunha.

Veja as dúvidas mais frequentes

Dispomos de cavalinho, bola suíça, chuveiro com água quente, som ambiente e iluminação diferenciada, cama de parto apropriada e banquinho para parto de cócoras.
Não há custo para os conveniados da Unimed para utilização da sala de parto normal.
Não utilizamos a banheira na sala PPP.
De acordo com a evolução do seu trabalho de parto, você será encaminhada para o quarto de internação ou para uma sala cirúrgica, o que não significa que você será submetida a uma cesárea, apenas para acompanhamento do parto vaginal e acompanhamento do seu bebê.
A gestante tem direito, por lei, a entrar com um acompanhante a sua escolha.
Dispomos de enfermeira obstetra 24h, todos os dias. Para dúvidas e maiores informações sobre a relação dos enfermeiros obstetras e obstetrizes contratados pela Unimed Araraquara entre em contato com a assistente social através do telefone (16) 3303-3907.
Você pode realizar o agendamento da visita para conhecer a sala PPP com a assistente social através do telefone (16) 3303-3907.
Sempre que estiver em trabalho de parto deverá entrar pela unidade de emergência, pois lá você será avaliada, o seu médico será comunicado e você será encaminhada para a internação.
Por motivos de segurança atualmente o hospital não libera a entrada de profissionais terceiros.
Por se tratar de um hospital geral, é contraindicada a circulação de crianças saudáveis menores de quatorze anos.
Tais procedimentos são obrigatórios por lei (decreto 19941/82 de 19 de novembro de 1982 e Portaria n° 1602 de 17 de julho de 2006), no entanto caso haja recusa por parte da mãe que é representante legal da criança, esta deverá assinar o termo de recusa no hospital.
No hospital esse procedimento não é realizado.
Além do exame clinico feito pelo seu pediatra, são realizados os testes da orelhinha, linguinha, olhinho e coraçãozinho antes da alta do seu bebê.

Para acesso aos percentuais dos médicos cooperados, entre em contato pelo email:atendimento@unimedara.com.br informando o nome do solicitante e o respectivo número do cartão magnético, ou pessoalmente na Avenida Prudente de Morais, 1.281 - Centro.

Em junho de 1998, a Unimed de Araraquara implantou o Programa Vida Nova Gestante, que consiste em apoiar clientes gestantes no préparto e no pós-parto.

O Programa Vida Nova Gestante começou no Hospital São Paulo, e, desde 2002, é coordenado pelo Univida – Centro Unimed de Qualidade de Vida. As participantes contam com uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiras, fisioterapeutas, psicólogos e fonoaudiólogas que oferecem aulas teóricas, acompanhamento nutricional, psicológico, e atividade física.

Para participar do programa, solicite o encaminhamento do seu médico obstetra.

Após o nascimento do bebê, a médica pediatra visita as mães durante o período de internação, incentivando-as e orientando sobre a amamentação. Além disso, no primeiro mês de vida do bebê são acompanhadas todas as mães que enfrentam problemas com o início da amamentação.

O Univida, realiza monitoramento telefônico para acompanhamento da alimentação do bebê nos primeiros 6 meses de vida.

Conheça mais sobre a estrutura do Univida